Un blog de viajes - Travellerspoint

This blog is published chronologically. Go straight to the most recent post.

¡Llegamos!

sunny 30 °C
Ver Chile 2009 en el mapa de guilherme.

Finalmente chegamos no Chile! El viaje fue muy buena.

Primeiro embarcamos no aviao da Pluna, que estava novinho (eles trocaram a frota recentemente)
Picture_001.jpg

Picture_002.jpg

Picture_003.jpg

Tambem passamos pelo duty free:
Picture_004.jpg

O mais legal foi ver os Andes do aviao :)
Picture_005.jpg

Picture_006.jpg

Picture_007.jpg

Vimos um por do sol muito bonito tambem, mas estava do outro lado do aviao...

Ficamos hospedados no hostel La Casa Roja, uma mansao reformada. Muito legal mesmo, pena que ja vamos embora, rumo a Chillan.

As ultimas fotos que tiramos, aqui no hostel:
Picture_008.jpg

Picture_009.jpg

Depois mandamos mais fotos!

Publicado por guilherme 10.01.2009 3:30 Publicado en Chile Tagged backpacking Comentarios (0)

Ufa!

Después de más de 600km hechos tomando 3 buses en un día, finalmente llegamos a Pucón...

semi-overcast 20 °C
Ver Chile 2009 en el mapa de guilherme.

Hola!

Já temos muitas histórias para contar em apenas 3 dias de viagem. Não conseguimos atualizar o blog antes por motivos que saberão abaixo...

Após saírmos da La Casa Roja, pegamos o metrô de Santiago (barato e bom) para uma estação perto da rodoviária (o terminal de ônibus principal).
IMG_0157.jpg

IMG_0159.jpg

IMG_0162.jpg

Almoçamos empanadas chilenas (uma delícia!) e pegamos um ônibus para Chillán, uma cidade aprox. 400km ao sul de Santiago, no Valle Central. O Valle Central é muito bonito, com os Andes a leste e a cordilheira litorânea a oeste. Muitos pomares, campos e árvores. Não há uma subida ou descida sequer, e fizemos todos os 400km praticamente em uma reta. Esta estrada, a Panamericana, vai até mais ou menos 1200km ao sul e termina em Puerto Montt (onde iremos futuramente).

IMG_0190.jpg

IMG_0202.jpg

IMG_0213.jpg

Em Chillan não havia muita coisa para fazer (para não dizer "nada") Demos algumas voltas na cidade, (como camelos com a mochila nas costas). Nos planos iniciais, iríamos ficar em Chillán, porém depois de ver a cidade procuramos outras alternativas. Sabíamos que as Termas de Chillán estavam perto, a 100km a leste, por isso mudamos nossos planos e felizmente conseguimos pegar o ultimo onibus para Valle Las Trancas, onde há várias hospedajes, complejos e restaurantes.

IMG_0216.jpg

O Vale realmente surpreendeu a gente, muito bonito mesmo! Uma pista simples, porém bem cuidada, trilha um caminho sinuoso para as montanhas. Após uma hora e meia chegamos na hospedaje que nos foi recomendada, Chil'in.

IMG_0247.jpg

IMG_0249.jpg

Quando chegamos, sentimos a diferença do ar puro (e frio) da montanha. Sabíamos que iríamos ficar lá mais tempo do que havíamos planejado...

IMG_0264.jpg

Pela manha fizemos nossa primeira escalada... Subimos até o mirador de onde pudemos contemplar a beleza da paisagem, ouvir o barulho dos carpinteros (pica-pau), apreciar a vista dos Nevados de Chillán, e os vulcões Chillán Nuevo e Chillán Viejo (todos cobertos por neve). Vale dizer que toda a região, no inverno, fica completamente tomada pela neve.

IMG_0269.jpg

IMG_0274.jpg

Também tivemos nossos 15 minutos de fama quando um fotógrafo tirou algumas fotos nossas para serem publicadas na revista Verde (veja uma abaixo):

IMG_0280.jpg

Depois disso fomos de Jipe até as Termas de Chillan. Tivemos neste passeio a companhia da simpática Maica (ver fotos). Não resistimos... Tivemos que entrar nas piscinas termais de Chillan... Água quente... céu azul... vista para os Nevados de Chillán... Deu para relaxar, mas não deu tempo para almoçar...

IMG_0284.jpg

IMG_0295.jpg

IMG_0313.jpg

IMG_0321.jpg

IMG_0327.jpg

IMG_0329.jpg

IMG_0343.jpg

De lá fomos correndo pegar ônibus de volta a Chillan. De Chillan pegamos outro ônibus a Temuco (que já estava saindo). De Temuco pegamos mais um ônibus para Pucón (que também já estava saindo!). Ou seja, tivemos sorte de conseguirmos pegá-los, mas com isso não jantamos também... Chegamos em Pucón quase meia-noite.

IMG_0350.jpg

IMG_0392.jpg

Pucón é uma cidade muito bonita, lembra um pouco Gramado. Cidade bem turística, cheio de coisas para gastar o seu dinheiro. É a capital de esportes de aventura do Chile, onde muitas pessoas de todos os lugares do mundo vêm para fazer rafting, subir o Volcán Villarica, etc.

IMG_0397.jpg

IMG_0399.jpg

Agora estamos escrevendo de um café na avenida principal, esperando que o tempo melhore amanhã para que possamos fazer as 5 horas de caminhada até o topo do vulcão.

Vamos desvendar os mistérios da cidade agora, nos vemos después!

Publicado por guilherme 12.01.2009 8:45 Publicado en Chile Tagged backpacking Comentarios (1)

Conseguimos!!! Chegamos ao Topo!

sunny 0 °C
Ver Chile 2009 en el mapa de guilherme.

Nem nós conseguimos acreditar! Depois de muita subida (muito mesmo!!), sobre pedras e neve, quase sem parar para descansar, conseguimos chegar ao topo do Volcán Villarica, depois de 4 horas de escalada. Nota pessoal (Guilherme): corrida de 10km não é nada perto do que fizemos hoje! (Ana) Dá para subir as escadas da Santa mais de 50 vezes sem parar...

IMG_0440.jpg

O vulcão tem quase 3000m de altura, dos quais aproximadamente 1,5km caminhamos/escalamos. Parece pouco, porém demoramos 4 horas. Não dá para subir em linha reta, pois algumas partes são muito íngremes. Ficamos ziguezagueando na neve, sempre na esperança de chegar no próximo 'descanso'. Mas quando voltávamos a subir, o cansaço voltava novamente. As fotos não conseguem mostrar a grandiosidade do feito ou do lugar, mas mesmo assim as colocaremos abaixo:

IMG_0496.jpg
IMG_0498.jpg
IMG_0501.jpg
IMG_0507.jpg
IMG_0515.jpg
IMG_0516.jpg
(repare nas 'pessoinhas' subindo)

IMG_0518.jpg
IMG_0521.jpg
IMG_0527.jpg
IMG_0532.jpg
IMG_0535.jpg
IMG_0544.jpg

Vista maravilhosa (que nem deu para apreciar muito devido a pressa dos guias e das outras pessoas do grupo). Lá de cima só se viam nuvens. Abaixo das nuvens, vista para o enorme lago Villarica (em algumas fotos acima), as cidades de Pucón e Villarica e mais 3 vulcões.

Até agora nao conseguimos entender o por que de tanta pressa. Nas pouquíssimas paradas tínhamos de decidir se tirávamos uma foto ou se bebíamos água.

A descida foi mais legal. Fizemos SkiBunda na descida do Volcán! Parecia um tobogan, só que com neve. Ficou a vontade de brincar mais na neve, fazer um boneco e tirar mais algumas fotos... Mesmo assim, valeu muito a pena. Uma aventura inesquecível, que, se soubéssemos o grau de dificuldade não sei se aceitaríamos o desafio.

Escalada no Volcan Villarica: se pensar em desistir no caminho, esqueça essa idéia.

Abaixo mais fotos de Pucón, da nossa volta pela cidade (ontem):

IMG_0420.jpg
IMG_0424.jpg
IMG_0466.jpg
IMG_0478.jpg
IMG_0549.jpg

Talvez não consigamos atualizar o blog por alguns dias. Amanhã pegaremos um navio para Puerto Chacabuco e estaremos entrando na região de Aysen (norte da Patagonia Chilena). Não sabemos se vamos conseguir acesso à internet lá, mas vamos tentar.

Publicado por guilherme 13.01.2009 15:16 Publicado en Chile Tagged backpacking Comentarios (0)

Já na Patagonia...

rain 10 °C
Ver Chile 2009 en el mapa de guilherme.

IMG_0553.jpg

IMG_0562.jpg

Chegamos em Puerto Varas com a maior chuva... As nuvens encobriam os dois vulcoes da cidade...
Felizmente a chuva parou um pouco, conseguimos tirar algumas fotos e ver parte do vulcao. (A outra parte continuou coberta pelas nuvens.)

IMG_0594.jpg

IMG_0603.jpg

IMG_0636.jpg

IMG_0637.jpg

IMG_0669.jpg

De lá partimos até Puerto Montt, onde pegamos o navio até Puerto Chacabuco. Por de Sol maravilhoso visto de dentro do navio. Reflexo da lua cheia e nascer do sol no Oceano Pacífico avistado de dentro da nossa cabine. Fomos até a cabine do comandante, com uma amiga de Viña Del Mar, que conhecemos no navio.

Depois disso muita, mas muita chuva. Tudo cinza... Hibernamos até chegar a Puerto Chacabuco. Mais chuva... Dividimos um taxi até Coyhaique com uns amigos da Belgica.

IMG_0679.jpg

IMG_0696.jpg

IMG_0705.jpg

IMG_0720.jpg

IMG_0768.jpg

Depois de mais de uma hora fomos até a hospedaje indicada por eles. Estava fechada. Procuramos por outra. Estava lotada. Finalmente achamos um lugar onde pudemos passar a noite (quase meia-noite).
Muita chuva, frio e vento a noite inteira...

Hoje o dia amanheceu um pouco melhor. Já passseamos pela cidade e apreciamos a vista do Mirador para o Rio Simpson.

IMG_0793.jpg

IMG_0826.jpg

Acabamos de fazer uma trilha de 5 horas na Reserva Nacional Coyhaique. Muito legal!!! Passamos por 4 lagoas e muitas pontes e paisagens muito bonitas! Fizemos várias amizades. Um casal da Alemanha que conhecemos na Plaza de Armas fez todo o trajeto conosco. Além disso encontramos um grupo de amigos de Santiago.

IMG_0830.jpg

IMG_0835.jpg

IMG_0843.jpg

IMG_0857.jpg

IMG_0906.jpg

Amanha partiremos ainda mais ao Sul: Iremos até Puerto Rio Tranquilo, onde esperamos ver uma geleira. Nao sabemos se haverá acesso a internet por lá, nem como vamos fazer para voltar. Assim que conseguirmos, escreveremos novamente.

Publicado por guilherme 16.01.2009 17:51 Publicado en Chile Tagged backpacking Comentarios (0)

Patagônia -> Santiago -> Casa

overcast 20 °C
Ver Chile 2009 en el mapa de guilherme.

IMG_0935.jpg
IMG_0955.jpg
IMG_0969.jpg
IMG_0984.jpg

A viagem até Puerto Rio Tranquilo não foi tão tranquila assim. Após a Villa Cerro Castillo a bela Carretera Austral estava repleta de estrada de chão, buracos, pedras e muitas curvas. Foi em uma destas curvas, que, ao deixar passar uma caminhonete, nosso ônibus foi muito para o lado, ficando totalmente inclinado para a direita, próximo a um precipício.

IMG_0985.jpg
IMG_0995.jpg

De lá não conseguimos mais seguir viagem por um bom tempo. Todos os passageiros tiveram que desembarcar do ônibus. “Estamos perdidos na Patagônia Chilena”. Depois de quase 5 horas esperando por auxílio, avistamos uma Van branca, nossa possível salvação.

IMG_1000.jpg

Corremos até ela e, felizmente, conseguimos uma carona juntamente com outros amigos chilenos até Rio Tranquilo. Percorremos mais de 200km, em mais de 4 horas, sentados nos chão da Van (não tinha banco na parte de trás) em meio a muitas curvas, buracos e paisagens maravilhosas, com lagos de cores vibrantes e montanhas cobertas de neve ao fundo. Nossa sorte foram nossos amigos chilenos, que trouxeram para a viagem deliciosas cerejas e serviram como guias para o restante do caminho.

IMG_1004.jpg
IMG_1010.jpg
IMG_1069.jpg
IMG_1070.jpg

Quase não acreditamos, quando enfim, já no final da tarde, conseguimos descer. Mesmo sob o céu cinza, vimos a nossa frente um lago com uma cor azulada inacreditável. Muito lindo!!! Tínhamos chegado ao Puerto Rio Tranquilo.

IMG_1077.jpg
IMG_1082.jpg
IMG_1087.jpg
IMG_1091.jpg
IMG_1102.jpg
IMG_1104.jpg
IMG_1109.jpg

Domingo pela amanhã, juntamente com um casal da Alemanha fomos até o mirador da região. Cachoeiras, lagos e montanhas faziam parte do maravilhoso cenário da região de Aysén. Após 1 hora percorridas de van e mais meia hora de subida a pé chegamos ao mirador. De lá conseguimos avistar as geleiras de um lado e o lago do outro. Realmente havia valido a pena a subida até lá.

IMG_1133.jpg
IMG_1143.jpg
IMG_1156.jpg
IMG_1157.jpg
IMG_1158.jpg

O passeio às cavernas de mármore ficaram para próxima vez. O único meio de voltarmos era uma Van que saía de lá às 2h da tarde. O próximo transporte era somente na 4ª, quando já devíamos estar em Santiago. Após o almoço (sopa de marisco p/ Gui) fomos de Van em direção a Coyhaique. Mais de cinco horas até lá...

IMG_1170.jpg
IMG_1193.jpg

Desta vez procuramos outra hospedagem: Las Salamandras (cerca de 2km do centro da cidade). O lugar era muito bonito, porém não havia serviço de restaurante e a água do banho estava gelada.

IMG_1197.jpg
IMG_1202.jpg

Na segunda fomos até a pedra El Índio, em Coyhaique. De lá pegamos um transfer, que depois de inúmeras voltas pela cidade deixou-nos no aeroporto de Balmaceda.

IMG_1205.jpg
IMG_1215.jpg
IMG_1219.jpg
IMG_1220.jpg
IMG_1221.jpg
IMG_1222.jpg

Passamos a noite em Santiago, vista linda da cidade do único hotel que pegamos durante toda a viagem.

IMG_1230.jpg
IMG_1232.jpg
IMG_1238.jpg
IMG_1239.jpg

Dia 20 fomos para as praias do Oeste: Valparaíso e Viña Del Mar. Não encontramos nenhum “paraíso” na cidade, que a primeira vista cheirava peixe e não parecia ter nada muito atraente. Pegamos um ônibus até Viña, onde optamos por um tour pelas duas cidades, que apesar de próximas, são muito distintas. Vinã possui uma melhor infraestrutura, enquanto que Valparaíso é considerada um patrimônio da humanidade, com vários prédios históricos e casas coloridas construídas na montanha. Há 15 elevadores de onde é possível ir da cidade baixa para a alta.

IMG_1266.jpg
IMG_1272.jpg
IMG_1276.jpg
IMG_1279.jpg
IMG_1282.jpg
IMG_1310.jpg
IMG_1312.jpg
IMG_1314.jpg
IMG_1316.jpg

Visitas a parques, monumentos históricos, praia, almoço com vista para o mar, videiras, pôr do Sol maravilhoso... mas nada comparável às belezas do Centro Sul do Chile.

IMG_1333.jpg
IMG_1341.jpg
IMG_1350.jpg
IMG_1353.jpg
IMG_1359.jpg

Mais emoção para pegar o ônibus em direção ao aeroporto. Descemos correndo as escadas no metrô para tentarmos parar o último ônibus naquela direção. Conseguimos. Passamos a noite no aeroporto até pegarmos o avião, pela manhã, com destino a Curitiba.

IMG_1365.jpg
IMG_1366.jpg
IMG_1370.jpg
IMG_1371.jpg
IMG_1374.jpg

Pouco mais de 3h da tarde estávamos de volta a nossa cidade, debaixo do céu cinza, típico da cidade.
Na mente as lembranças de uma aventura inesquecível, de 0 a 30 graus, em baixo de Sol, chuva, neve e belíssimas paisagens. Fica ainda a certeza do retorno, desta vez, apenas para a região da Patagônia, onde há muitos caminhos para percorrer.

Obrigado por terem acompanhado o nosso blog!

Publicado por guilherme 21.01.2009 18:35 Publicado en Chile Tagged backpacking Comentarios (0)

(Entradas 1 - 5 de 5) Página [1]